Lula negocia retomada da antiga fábrica da Ford na Bahia

Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação


O presidente Lula (PT) negocia com investidores chineses a volta das atividades da antiga fábrica da Ford, em Camaçari, na Bahia. Após 20 anos de atividades no estado, a Ford anunciou o encerramento das atividades de produção na localidade em janeiro de 2021, causando a perda de de 4,8 mil empregos com carteira assinada.

No momento, a conversa do governo com os chineses avançou para a utilização do espaço na produção de carros elétricos, segundo a informação da Veja divulgada esta semana. O presidente acelerou os preparativos para a visita à China, que deve acontecer em março. E a negociação ainda deve envolver o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que integrará a delegação brasileira.

Além da expectativa de acordos importantes nas áreas de agronegócio, infraestrutura e tecnologia, o chefe do Executivo pretende agilizar a negociação pensada para o aproveitamento da unidade industrial de Camaçari. A ideia é articular os passos junto ao governo do Estado.


Em ação recente, feita no final do último ano, o Governo da Bahia fez a assinatura de um protocolo de intenções com a BYD Auto, subsidiária da BYD, multinacional de alta tecnologia chinesa, para a implantação de três fábricas.

As unidades ficaram responsáveis pela produção de chassis de ônibus e caminhões elétricos, veículos de passeio elétricos e híbridos, além de processar lítio e ferro fosfato.

O movimento faz parte do objetivo de Lula de ter um equilíbrio entre os interesses dos Estados Unidos e da China, ainda que estejam em conflito no âmbito econômico.

Por: A Tarde

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários