“Eu errei por amor, queria educar”, diz pai que bateu nas filhas em praia de Salvador

Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, o agressor aparece chorando e pedindo desculpas por ter agredido as crianças em público. “Nada vai justificar o que eu fiz, eu errei, mas quero dizer para vocês que não sou monstro. Essas pessoas que estão falando de mim não sabem o amor que tenho pelas minhas filhas”, disse

Um vídeo em que duas meninas aparecem apanhando do pai, numa praia em Salvador (BA), gerou revolta e comoção nas redes sociais nos últimos dias. Nas gravações, um homem é flagrado dando chineladas e empurrando as crianças no chão com violência. Nesta quarta-feira (3), o agressor finalmente se pronunciou e divulgou um vídeo em que chora e pede desculpas pela atitude.

“Nada vai justificar o que eu fiz, eu errei, mas quero dizer para vocês que não sou monstro. Essas pessoas que estão falando de mim não sabem o amor que tenho pelas minhas filhas”, disse. “Na mesma hora, a raiva passou e eu me desculpei. Eu bati nos meus filhos, mas foi na intenção de educar. (…) Eu poderia ter conversado, poderia ter sido de outra forma. Eu fiz da pior forma e errei por amor, porque eu pensei que a minha filha estava morta”, completou.

A cena da agressão foi gravada por banhistas no último domingo (1), na praia de Itapuã, em Salvador. Segundo o pai, tudo aconteceu depois que as meninas saíram de perto do guarda-sol onde estava a família e acabaram se perdendo na praia. Assim que voltaram, as garotas de 7 e 10 anos foram recebidas com violência pelo homem.

0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários