Entenda o que é otite, uma das maiores queixas das crianças no verão

Uma das principais queixas de saúde das crianças durantes as férias são as dores de ouvido. Brincar o dia inteiro — principalmente na piscina ou no mar, durante o verão — pode irritar as estruturas do canal auditivo e acumular água no local, causando, além da dor, tonturas e até febre.



“As otites podem ser externas, quando atingem a pele do canal auditivo, e internas, que acontecem quando a inflamação ocorre na porção mais complexa e profunda do ouvido”, esclarece a otorrinolaringologista Manuela Dowsley, da clínica Otorrino DF.



Os banhos de piscina, de mar e a umidade são os principais responsáveis por provocar a infecção externa — o acúmulo de água no canal auditivo provoca maior sensibilidade na pele do ouvido, causando a inflamação.

No entanto, Manuela alerta que o problema pode acontecer fora do contexto de viagem e férias. A manipulação excessiva do ouvido, seja com a mão ou com objetos, pode criar feridas que facilitam infecções por bactérias e fungos.



A melhor forma de prevenir a otite é evitar o acúmulo excessivo de cera no ouvido, já que a substância em excesso pode piorar o quadro. Porém, a limpeza deve ser feita com cuidado.



“O cotonete não é ideal para limpar: ele pode machucar e empurrar mais ainda a sujeira para dentro. O ouvido por si só já possui um mecanismo de limpeza, mas em certos casos pode acontecer o acúmulo de cera. Ao perceber o problema, os pais devem levar a criança em um especialista para fazer a lavagem”, alerta a otorrinolaringologista.

A água no ouvido pode causar otite e incômodos nos pacientes — em bebês, o acúmulo de líquido pode causar dor aguda e até febre. As formas mais seguras de tirar a água do canal auditivo, segundo a médica, são:

  • Dar pulinhos. “Funciona para algumas pessoas. Entra a água, elas saem da piscina e inclinam a cabeça com o lado obstruído para baixo e pulam”, explica;
  • Secador de cabelo. “No modo frio, lógico, o ar pode ajudar a remover o líquido de dentro. No quente pode acontecer de queimar a orelha da criança”, aconselha;
  • Duas gotinhas de álcool 70º. “Precisa de muito cuidado. Mais do que duas gotas podem prejudicar o funcionamento do
0 0 votos
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários